domingo, 26 de outubro de 2008

Loucura


Esta chama que arde em meu peito
Me entorpece, me tortura, me enlouquece
Teu corpo, teu cheiro, teu gosto
Não saem do meu pensamento e do corpo

Preciso adormecer
Pra vê se pelo menos em meus sonhos esqueço você
De nada adianta
E eu pegunto:
Dormir pra quê?
Se até em meus sonhos só vejo você

Teu jeito, teu sorriso, tuas palavras
Me sinto tonta cada vez que estou perto de você
Pena, seu bobo, que você não percebe
Esta garota aqui,
trocaria todos os outros por um momento único com você.

2 comentários:

Nathália von Arcosy disse...

"Me sinto tonta cada vez que estou perto de você
Pena, seu bobo, que você não percebe
Esta garota aqui,
trocaria todos os outros por um momento único com você."

nem preciso comentar... vc estava na minha cabeça ontem?? era exatamente isso que eu estava sentindo... mas fazer o quê, né?? Esses bobos que nos entorpecem...

Suellen disse...

Nossa amigah...
q coisa Lindahh!