domingo, 28 de dezembro de 2008

Fica decretado


Fica decretado que agora vale o que sinto

Que a partir deste instante

Todos os dias da semana pensarei em você

Inclusive nos finais de semana vividos em família


Fica decretado que a maior dor

Sempre foi e sempre será

Não poder estar com quem se ama


Fica decretado que nada será obrigado nem proibido

Tudo será permitido

Caminhar sozinha à noite

Passar a madrugada acordada

Tomar sorvete em dias chuvosos


Só uma coisa fica proibida

Amar sem amor

2 comentários:

KêDy disse...

Que surjam decretos a favor sempre da vida...
bju

Nathália von Arcosy disse...

"Só uma coisa fica proibida
Amar sem amor"

Doeu. Doeu.

Parabéns. Infinitamente perfeito.