sábado, 20 de dezembro de 2008

Respostas inexplicáveis

O ser humano busca resposta para tudo na vida. Para algumas perguntas ainda não há explicação, mas ainda assim permanece em sua caça insaciável. Seja para entender a si próprio ou até mesmo o seu próximo.

Este ser racional quer explicação para tudo; até mesmo para o que não há.

E quando as respostas encontradas não o satisfazem, uma vez que existe uma carência de definir algo coerente no próprio entender. Ele continua a saga.

Não importa o tempo que levará; precisa si compreender. Ainda que não saiba o que é tão angustiante. O que corrói o próprio ser, lateja e dói , dói tanto que pensa, por vezes, não suportar. O que grita por uma resposta. Existir antes de tudo. Significar algo para os outros.

Significar, existir, compreender-se, a cabo é o que o individuo busca, para esses conflitos, e tantos outros contraditórios, que, na maioria das vezes, vaga sem explicação.

Um comentário:

Nathália von Arcosy disse...

"O que corrói o próprio ser, lateja e dói , dói tanto que pensa, por vezes, não suportar."

É Hari... mas a saga continua. E a gente segue nessa coisa de se entender. Vai ver a gente um dia consegue...

Beijos.