quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Encontro


Por volta das duas da madrugada um barulho chamou atenção dos cachorros da casa. Os cães latiam desesperadamente. É como se captassem o que olhos humanos jamais percebem. Uma vibração estranha pairava no ar.


André olhou pela janela. Assustou-se com a claridade e forma do objeto não identificado. Tinha contorno redondo, mas o brilho intenso lagrimejava os olhos de maneira que impossibilitava a fixação. Queria descobrir o que era. Voltar para cama sem montar o quebra-cabeça humano ou extraterrestre estava fora de cogitação. Aproximou-se, corajosamente, e avistou discos voadores, com o colorido e design semelhante às histórias em quadrinhos.


Cinco estranhos seres, com rostos ocultados por capacetes, rodearam André.


O menino desmaiou.


Ao romper o dia, acordou deitado na cama. Lembrou-se do dia anterior e, foi rapidamente até a janela. Um dos capacetes permanecia no jardim.


André teve certeza do encontro com os extraterrestres.

6 comentários:

Nilson Vellazquez disse...

homeopática!
(y)

Marcela' disse...

Eu já acreditei muuito em ufologia, e apesar de não ser que nem antes, eu acredito que existe vida lá fora com certeza! Só não sei se eles realmente vêm pra cá.. baci!

:: rita :: disse...

=] bolinhas verdes!

ah, sobre ets... acho e espero que não existam! pq se forem feios como "pintam" ... que medaaa! Oo
...

sobre as poesias: [= ... amo! poesia é ar, muito bom ne?
..

agradeço mesmo sua visita!

[shalom]

Thyago David. disse...

E aí, conta mais do encontro :)

=**

Aline Barbosa disse...

Nossa... Sabia que ET's são um dos meus maiores medos?
De verdade... Sempre foi. xD

Mas acho que isso é só por não conhecer muito do assunto.
Dizem que a gente teme o que desconhece.

Enfim...
Adorei o texto. Ótimo de ler.

Bjão!
\o7

Hariane disse...

É Aline, muitas vezes tememos o desconhecido.
Obrigada por estar sempre presente por aqui.
Bj