domingo, 6 de setembro de 2009

As certezas do cotidiano

Se hoje alguém perguntasse a ela, o que você quer? Certamente, diria: ter as certezas necessárias para minha vida. De que vou acordar amanhã quentinha depois de um dia frio embaixo do edredom. De que todos da família estão bem. Sem esquecer os amigos e pessoas queridas. De que o mundo amanhã será bem melhor do que hoje, sem violência, doenças, intrigas, etc. Enfim, certeza de tudo que nunca se tem certeza. Por mais pleonástico que isso possa representar. É assim mesmo, o indivíduo é conflituoso por natureza: adora aventura, mas também não consegue respirar aliviadamente sem alguma certeza. Seja um aumento no salário. A chegada do marido depois do trabalho. Ter o que comer no final do dia. Enfim as certezas do dia-a-dia, que se conectam ao nosso subconsciente automaticamente.

9 comentários:

Kari disse...

Na verdade, não temos certeza nenhum. Nunca.
Temos a rotina e a esperança de que aconteça aquilo, mas certeza mesmo, não podemos ter nenhuma. Só a de que morremos um dia...

Beijo

Nathália von Arcosy disse...

Sim, querida... ainda que nada seja tão certo quanto achamos, gostamos de alimentar a ilusão das pequenas certezas. Na segurança delas é que a gente arrisca o resto... Na verdade casa pequena coisa já é um desafio, não é?

É só parar pra pensar e veremos que nossas pequenas certezas não são certas pra muita gente...

Olavo disse...

A certeza jamais teremos..mas viver o dia dia é primordial..
Beijos

Rosana disse...

Olá minha linda, certezas? Desisti de tentar tê-las, talvez não devesse, mas sem nenhuma vergonha digo que não espero mais por certezas, talvez assim o acaso me surpreenda, reabri meu blog e gostaria imensamente que vc passasse por lá e trouxesse com vc, como presente, um selo em comemoração, beijos em seu coração!

Rosana

Rosana disse...

Obrigada por ter me visitado, e por tão carinhoso comentário, beijos em seu coração.

Rosana

Manuella disse...

Descreveu-me em poucas palavras, embora eu quase não tenha certeza de nada.
O que vale mesmo é trabalhas - nem que seja um pouquinho - todos os dias pra que as coisas se concretizem.

Grande beijo.

EDUARDO POISL disse...

"Que seja eterna a vitória dos seus dias,
mesmo quando eles lhe derem
a impressão de fracasso.
E nunca se esqueça que atrás das nuvens
sempre existirá sol."

(desconheço o autor)

Hoje passando para desejar um lindo final de semana com muito amor e carinho
Abraços do amigo Eduardo Poisl

Nilson Vellazquez disse...

certeza é chata!

Sonia Schmorantz disse...

Na verdade não há certezas, há projeções, probabilidades, estas coisas de que o hoje é o reflexo de ontem, causa e consequência...mas certezas não!
Obrigado por tua visita, um lindo domingo!
beijo